ZONA-ELETRÔNICA

Eu, injustificado e inexplicavelmente, ignorante-cibernético (software e hardware) porque opero instrumentação-eletrônica (computador, smartphone etc.) desde 1.987, e, acaso eu não permanecesse canhestro, estaria habilitado, tecnicamente,  incompreender (inconformar) a razão desse modelo de votação, dito eletrônico (parcial), porque exige que os votandos (eleitores) compareça, obrigatoriamente, a locais (zonas e seção) encontrarem as ‘urnas’ e ‘depositarem’ seus VOTOS, pois, noutros processamentos do gênero (eletrônico), como compras de caneta ou aeronave e feituras (instaurações) de processos judiciais  processam-se ambas situações à distância (milhares de quilômetros) com absolutos sucessos para as partes interessadas (comprador, fornecedor, tanto quanto a relação entre jurisdicionado e Justiça), ou seja, dispensadas presenças físicas às efetivações de seus propósitos, conforme acima exemplificado como sustentação (justificativa) do ponto-de-vista deste voluntário escriba.
Motivo principal — além da obrigatoriedade de votar — minha deliberada ausência nesse pleito. 
João S. Souza

8 Responses to ZONA-ELETRÔNICA

  1. Channery diz:

    No more s***. All posts of this quilaty from now on

  2. bfhAmeni diz:

    viagra tablets for sale cheap viagra online buy cheap generic viagra cheap viagra

  3. nwtAmeni diz:

    cialis online pharmacy online cialis what is tadalafil online cialis

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *