Monthly Archives: Setembro 2017

TERRENO BALDIO

Certeza sobre tudo não possuo, contudo, suponho — evidência cristalina como clareza de sol meridiano abundante — enxergar barreiras sólidas contrapostas às iniciativas de alguns poucos solitários e suas efetivações voluntariosas, muitas das vezes dispendiosas em alto grau quanto a gênero e espécie — tempo, neurônios e capital —, a exemplo cultura, educação e/ou instrução, haja vista amontoado de gente a subestimar, frontalmente, quando não ignora sob o estilo mineiridade — temor a comprometimento social — que brota nas montanhas das Gerais e esparrama Brasil a dentro, quão elevado e à mostra o comportamental a impor perante a obstinados e abnegados tão-somente sentimento de conformação, isto, acaso os obrimidos não optem, literalmente,  por desaparecimento desse mapa que parece abrigar, quase totalmente no seu espaço, indivíduos hipnotizados no picadeiro que expõe círculo vicioso, via de consequência, responsabilização de outrem, seja jovem ou idoso.
João S. Souza

 

POUCO A POUCO

Esse NEVES, personagem e, ao mesmo tempo, ator-protagonista nas anunciadas, listadas ocupações oficiais e extraordinárias, que objetivam procedimentos judiciais criminais, a inspiração do conteúdo aposto no “REFLEXOS COTIDIANOS” (página 101), recém-lançado, e há esperança de enxergar Norte, a partir de Horizonte distante.

João S. Souza

 

 

C O N C H A V O   V A N T A J O S O

Cômodo para prefeituras, especialmente as grandes cidades, concederem à Copasa hegemonia de explorar, literalmente, fornecimento d’água canalizada e tubulação de escoamento de dejetos (esgoto), sem o adequado tratamento, para córregos e rios de Minas Gerais, e o procedimento da concessão rende vantagem financeira aos cofres de municípios.

João S. Souza

HORIZONTE ACELERADO DISTANTE

Eventos — Praças da Estação e Liberdade-BH-MG –, aos quais presente, e estejamos atentos às raras atividades interessantes — cultural, edificante –, porque instrumentos eficazes no combate à alienação, principalmente impulsionada televisivamente — eficiente na formação e direcionamento de TOLO — a limitar às mesmíssimas asneiras à satisfação de comodismo, quase sempre residente no seio nacional-tupiniquim, e este “orador” situa-se voluntário e dispendiosamente contrário relutante.
A propósito, rogo leitura atenta do “Reflexos Contidianos” — recém-lançado –, e, acaso não seja pedir exageradamente, faça sua indicação a outros da “família” afeitos à leitura. ✍️